Nada de novo na colônia Brasil – O Poder do Bigode

0
91
Temer e Sarney na posse da procuradora Raquel Dodge – Fonte: Último Segundo – iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/colunas/blog-esplanada/2017-09-18/esplanadeira.html

Raquel Dodge, que tomou posse ontem como nova PGR, passou pelo crivo de José Sarney. O veterano ex-presidente nunca deixou de ‘mandar’ no Judiciário. Há décadas, seu voto velado é essencial para presidentes nomearem ministros do STF, STJ e chefes do MPF. Se ele rejeitar um nome, fica difícil para o postulante. Aliás, Sarney foi à posse.

Enquanto os coronéis políticos negociam a estrutura do poder, qualquer fagulha de ameaça como a declaração do General Mourão de que “não se pode descartar uma intervenção militar” os congressistas alvoroçados e obviamente preocupados, por motivos que já conhecemos, afinal eles não querem perder suas regalias e o acesso a fonte de poder e riqueza que a política corrupta no Brasil proporciona, pediram explicações para a declaração do General. Como se eles já não soubessem quais são os motivos de uma possível intervenção.

O General pode esperar fortes criticas e punições além do que as forças armadas já vem sofrendo, tanto no campo ideológico quanto no campo político no que tange a liberação de recursos para a estrutura mais do que sucateada das instituições militares por todo o Brasil.

Enlaçado neste cenário não podemos esquecer que em Maio tivemos o assassinato do delegado Adriano Antônio Soares, de 47 anos em circunstâncias mais que suspeitas. Ele era o titular da delegacia da Polícia Federal em Angra dos Reis (RJ), que atuou na investigação do acidente que culminou na morte do então ministro do STF Teori Zavascki , em janeiro. E lá se vão 8 meses e nada foi apurado.

Prefeito de Santo André - Celso Daniel
Prefeito de Santo André – Celso Daniel – Sequestrado e assassinado em 2002 – Sua morte deixou um rastro de 7 cadáveres de envolvidos diretamente com o crime.

Depois dos assassinato do prefeito Celso Daniel e da queda dos aviões de Eduardo Campos e Teori Zavascki parece que a ditadura política em que vivemos, não só se especializou em crimes de corrupção mas também em assassinatos e quedas de aeronaves. São requintes de uma organização criminosa que faz o Cartel de Cali e a Máfia Italiana parecerem crianças no Jardim de infância.

 

 

Lista dos assassinatos relacionados ao caso Celso Daniel, nada foi solucionado ou esclarecido até hoje:

1) Celso Daniel: prefeito. Assassinado em janeiro de 2002.

2) Antônio Palácio de Oliveira: garçom. Assassinado em fevereiro de 2003.

3) Paulo Henrique Brito: testemunha da morte do garçom. Assassinado em março de 2003.

4) Iran Moraes Rédua: reconheceu o corpo de Daniel. Assassinado em dezembro de 2003.

5) Dionízio Severo: suposto elo entre quadrilha e Sombra. Assassinado em abril de 2002.

6) Sérgio Orelha: amigo de Severo. Assassinado em 2002.

7) Otávio Mercier: investigador que ligou para Severo. Morto em julho de 2003.

8) Carlos Delmonte Printes: legista encontrado morto em 12 de outubro de 2005.

Loading...